Corte Especial do TJ-GO aprova por unanimidade identidade funcional para os oficiais de justiça

Na noite de ontem (11.04), os desembargadores que compõe a Corte Especial do Tribunal de Justiça de Goiás aprovaram por unanimidade minuta do projeto de lei que institui a Carteira de Identidade Funcional dos Oficiais de Justiça de Goiás. O projeto será encaminhado para Assembléia Legislativa de Goiás e será apreciado pelos deputados. A criação da identidade funcional atende uma reivindicação da categoria.

A reunião foi acompanhada pela diretoria do Sindicato dos Oficiais de Justiça de Goiás (Sindojusgo) e por servidores. Para o presidente do Sindojusgo, Moizés Bento a identidade funcional dá credibilidade ao poder judiciário. “A partir do momento que um servidor do judiciário se apresenta com uma identidade funcional baseada em uma lei e não por um ato administrativo aumenta muito a credibilidade do poder judiciário, além de dar melhores condições de trabalho ao servidor que terá a prerrogativa de livre acesso e trânsito no cumprimento do ato”, explica Moizés.

A diretoria aproveitou a ocasião para agradecer o empenho do presidente do TJ-GO, desembargador Gilberto Marques na aprovação da minuta e também do PCS. “Sabemos que ainda temos um caminho a percorrer na Assembleia Legislativa até que a lei seja aprovada e sancionada pelo governador. Mas agradecemos e reconhecemos o empenho do presidente do TJ-GO em atender a demanda dos servidores. Prova disse, é a implantação do Plano de Cargos e Salários dos servidores”, finaliza Moizés.