Ministro do Trabalho vem a Goiânia entregar Carta Sindical a Oficiais de Justiça

O Ministério do Trabalho e Emprego publicou na última quarta-feira (29.11), Carta Sindical da Federação das Entidades Sindicais dos Oficiais de Justiça (FESOJUS). O documento consolida e regulariza a atuação de cerca de 13 sindicatos, específicos da categoria, em vários estados do país, entre eles: Goiás, Tocantins, Distrito Federal, Mato Grosso, Minas Gerais, Ceará, Santa Catarina, Espírito Santo, São Paulo, Pará, Amazonas, Amapá e Paraíba. No dia 04 de dezembro (segunda-feira), o ministro do Trabalho e Emprego, Ronaldo Nogueira vem a Goiânia para realizar a entrega simbólica da Carta Sindical ao presidente da FESOJUS, João Batista Fernandes. A solenidade vai acontecer na Assembléia Legislativa de Goiás, a partir das 19h.

A capital goiana foi escolhida pelo grande envolvimento do Sindicato dos Oficiais de Justiça de Goiás (SINDOJUS-GO) nas demandas da categoria. “Trata-se de um marco e uma vitória de todos os Oficiais de Justiça do Brasil que terão mais uma instituição em defesa de seus interesses. Desde o início do ano nos comprometemos a trabalhar em prol da categoria com organização e respeito a todos os poderes. Nós sabemos a importância do nosso trabalho para a sociedade e queremos prestá-lo sempre com responsabilidade e qualidade”, explica o presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça de Goiás (SINDOJUS-GO), Moizés Bento.

O presidente relembra que o processo para a expedição da Carta sofreu impugnação por parte da Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário dos Estados (FENAJUD), mas foi indeferida e arquivada. “A criação da Federação vai nos favorecer nas lutas em nível nacional, como a liberação do porte de armas para oficiais de justiça, reforma previdenciária e a imposto sindical. Além disso, vamos buscar nos próximos anos a união de todos os sindicatos em prol dessa entidade”, finaliza Moizés.