Sindojusgo se solidariza com familiares de servidora assassinada em Montes Claros

O Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores de Goiás (Sindojusgo) se solidariza com os familiares e amigos de Elina de Carvalho, que foi brutalmente assassinada na noite de ontem, em Montes Claros de Goiás. A suspeita é que o crime tenha sido praticado pelo ex-marido da servidora, que é cabo da Polícia Militar. Elina trabalhava como depositária, no exercício da função de oficial de justiça, no fórum de Montes Claros de Goiás.

O Sindojusgo repudia qualquer tipo de violência praticada contra mulheres, principalmente o feminicídio cometido contra a referida servidora.